Lierj terá regulamento mais flexível em 2018 devido ao corte de verbas

 

Por Guilherme Ayupp

A Lierj deve aprovar nos próximos dias um regulamento mais flexível para os desfiles de 2018, devido ao corte de 50% da verba da prefeitura para o ano que vem. Segundo o presidente Déo Pessoa informa à reportagem do CARNAVALESCO esta flexibilidade está diretamente relacionada às dificuldades financeiras que se avizinham para as 13 escolas do grupo. O dirigente confirma que a principal decisão se relaciona ao descenço para os desfiles de 2019.

– Havia um desejo nosso de rebaixar duas agremiações para a Série B, mas tendo em vista a limitação financeira das escolas pelos motivos já conhecidos não faz sentido a gente rebaixar duas escolas. Vamos ter um regulamento mais flexível sim, pois é necessário. Mas é tudo no sentido de adiar mudanças que planejávamos, como a volta de elemento na comissão de frente por exemplo. Vivemos um momento difícil e acho que essas medidas tornarão o desfile mais competitivo para todas as agremiações – explica Déo Pessoa.

Déo Pessoa informa que a flexibilidade é apenas do regulamento, mas que os jurados deverão julgar com o rigor necessário os erros que vierem a acontecer no desfile. Ele espera que para os próximos anos a situação financeira melhore.

– O julgamento seguirá os mesmos parâmetros desde que assumimos a Lierj, com a visão técnica necessária ao espetáculo. Eu sou um cara otimista por natureza e torço para que a prefeitura do Rio consiga equacionar seus problemas financeiros e volte a realizar os investimentos que sempre fez no carnaval carioca e especialmente nas agremiações do acesso – almeja Déo.

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br