Samba da Portela é eleito o melhor de 2019 pelo Observatório de Carnaval da UFRJ

 

O samba-enredo de 2019 da Portela venceu a eleição promovida pelos 25 membros do Observatório de Carnaval da Universidade Federal do Rio de Janeiro (OBCAR-UFRJ). A composição, que homenageia a eterna cantora Clara Nunes, alcançou o primeiro lugar no júri, obtendo 23 notas 10 e média de 9,99 pontos.

Para celebrar a vitória, a coordenação do Observatório entregará uma placa especial aos compositores da obra. A data, no entanto, será definida em breve.

"É importante que essa integração samba e academia seja cada vez mais intensificada, abrindo horizontes para as pesquisas em Carnaval que respeitam, acima de tudo, a ancestralidade do samba. A obra da Portela representou muito bem essa dimensão. Parabéns, Madureira!", elogiou o coordenador-geral do OBCAR, Tiago Freitas, que é doutorando em Linguística. Vale ressaltar que o grupo acadêmico é formado por estudantes de diversas áreas de graduação, mestrado e doutorado

Terceira escola a entrar na Avenida, na Segunda-feira de Carnaval, a Portela apresentará o enredo "Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá", desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães.

O hino para o próximo desfile é de autoria dos compositores Jorge do Batuke, Valtinho Botafogo, Rogério Lobo, Beto Aquino, Claudinho Oliveira, José Carlos, Zé Miranda, D’Souza e Araguaci



Foto: Divulgação
Legenda: Samba da Portela é assinado por (da direita para a esquerda) Beto Aquino, Rogério Lobo, José Carlos, Zé Miranda, Claudinho Oliveira, Araguaci, Jorge do Batuke e Valtinho Botafogo. D'Souza, integrante do time, não aparece na imagem

Fonte.:  www.gresportela.com.br