Globeleza! TV Globo vai reduzir em 32% número de profissionais na transmissão dos desfiles

 

Por Redação

A transmissão dos quatro dias de desfiles das escolas de samba no Sambódromo carioca terá, este ano, uma redução de credenciamento de profissionais da TV Globo: 32% a menos, em relação ao último Carnaval. Mas a diminuição do número de pessoas na Avenida, segundo fontes da emissora, não acarretará prejuízos na qualidade técnica e artística das imagens.

A transmissão nesse novo formato já foi adotada na Copa do Mundo. Os equipamentos serão operados remotamente por técnicos que estarão na sede da TV Globo, no Jardim Botânico, bairro da Zona Sul carioca. Serão mantidos na Marquês de Sapucaí os profissionais responsáveis por captar os detalhes do espetáculo durante a passagem das escolas de samba. As mudanças não afetarão a equipe de jornalismo.

Planos para o futuro

Outra novidade envolvendo a emissora que tem o direito de transmissões da festa é que já foram iniciadas conversas com Liesa e Lierj, as ligas responsáveis pelas agremiações do Grupo Especial e da Série A, para que os desfiles comecem mais tarde e terminem mais cedo. Mas ainda não definiram quando essa mudança entraria em vigor.

A previsão de início de exibição das vinhetas com os sambas das escolas para 2019 é para o próximo dia 21. Assim como no último Carnaval, os clipes mostrarão trechos das letras dos sambas, ilustrados com imagens dos desfiles do ano passado.

Globeleza: transmissão do Carnaval 2019 seguirá dinâmica implementada na Copa do Mundo da Rússia. Os jornalistas Alex Escobar e Fátima Bernardes seguem como narradores dos desfiles do Grupo Especial | Fotos: Divulgação e  Reprodução/TV Globo

Fonte.:  www.sambarazzo.com.br