99 off! Após reunião com Riotur, app de transporte diz não ter planos para o Carnaval

 

Por Redação

A 99, gigante no mercado de aplicativo de transporte que era vista pela Empresa de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur) como possível luz no fim do túnel para a crise econômica do Carnaval de 2019, enviou uma nota ao Sambarazzo na qual esclarece que patrocinar o espetáculo da Sapucaí não faz parte do planejamento para o ano que vem.

A notícia pode indicar uma tendência negativa no ingresso da 99 para o time de apoiadores das 14 escolas do Grupo Especial e chega no mesmo momento em que representantes estão reunidos na sede da Liga Independente das Escolas de Samba, no Centro do Rio, para tentar encontrar uma solução para o orçamento.

Os dirigentes esperavam da prefeitura R$ 1 milhão para cada agremiação e, na prática, devem receber apenas R$ 500 mil, conforme publicação no Diário Oficial na última quinta-feira, 6. Eles estudam algumas medidas em reunião que está sendo realizada na noite desta segunda-feira, 10, na Liesa.

Ideia era 99 substituir a Uber

A Uber, que ano passado apoiou a festa no Sambódromo e que já havia assinado contrato com a Riotur para manter e estender o patrocínio até os grupos de acesso para 2019, cancelou o contrato a poucos meses dos desfiles. A empresa justificou a saída do carnaval na prisão do deputado estadual Chiquinho da Mangueira, presidente da Estação Primeira de Mangueira, no início de novembro.

Apesar de informar que não pretende investir no Carnaval do Rio, a 99 acertou com a Riotur outras parcerias ao longo de 2018. Entre as iniciativas nas quais o app depositou recursos próprios está a Árvore do Rio, instalada na Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul da cidade, que agita o Natal dos cariocas. Lá, os pedalinhos são financiados pela frota de amarelinhos.

Leia a nota da 99 na íntegra!

“Houve uma reunião, na qual a Riotur informou que estava conversando com diversas empresas e que enviaria uma proposta para avaliação.

No entanto, o patrocínio não faz parte do planejamento da 99 para o ano de 2019. Vale lembrar que a empresa tem diversas ações no Rio, entre elas, por exemplo, a árvore da Lagoa.”

 

Fonte.:  www.sambarazzo.com.br