Roda de samba marca encerramento da turnÍ de Nilce Fran pelo Jap„o

 

Coordenadora da ala de passistas da Portela promoveu oficinas de dança durante dez dias 

Uma animada roda de samba marcou o encerramento da turnê da coordenadora da ala de passistas da Portela, Nilce Fran, pelo Japão. O evento, que foi realizado no último domingo (23), no restaurante Que Bom, no bairro de Asakusa, em Tóquio, contou com a presença de cerca de 70 japoneses, que dançaram, cantaram e aproveitaram para tirar fotos e pegar autógrafos da portelense.

Em dez dias de estadia no país asiático, a eterna passista Estandarte de Ouro visitou pontos turísticos e ministrou 14 oficinas em três diferentes estados japoneses, ensinando para um total de 80 passistas de várias agremiações nipônicas. 

Nilce, que também integra a comissão de Harmonia da maior campeã do carnaval, deu ainda aulas especiais para quatro escolas japonesas: GRES ICU Lambs, GRES Alegria, GRES Estrangeiros e GRES Saúde, tendo até promovido oficina dentro de uma universidade.

Muito satisfeita com o resultado das aulas, Nilce Fran elogiou as alunas. "As meninas vieram com muita vontade de aprender. Posso dizer que a paixão delas pela dança do samba ajudou bastante. Obviamente que, devido ao curto espaço de tempo para o ensino, apenas dez dias, nem todas conseguiram alcançar o nível desejado por mim. Mas, hoje, elas sabem exatamente como dançar com elegância, sem firulas, usando apenas os movimentos relacionados a arte de sambar", avaliou. 

Kishuko Sudoh, vice-presidente do Consulado da Portela no Japão e passista da Portela, fez coro: "A Nilce tem um estilo de dançar e uma didática muito particulares. As passistas japonesas entenderam exatamente os pontos principais realçados por ela, que dão ênfase ao samba com elegância, postura, força nas pernas e nos quadris, movimentos corretos das mãos, dos braços, e técnica apurada."  

O Consulado da Portela no Japão, que organizou e patrocinou a viagem de Nilce Fran, teve como parceiros a ala de passistas da Portela e o departamento cultural da agremiação. A empreitada contou, ainda, com apoio institucional da Embaixada do Brasil no Japão.

Além de Nilce, estiveram no Japão em 2018 o mestre de bateria Nilo Sérgio, o presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, o mestre-sala Marlon Lamar e a porta-bandeira Lucinha Nobre. Todas as viagens fizeram parte do calendário de comemorações dos 95 anos da Portela.

Vale ressaltar que o Consulado já planeja novas atividades e surpresas para 2019.



Foto: Consulado da Portela no Japão
Legenda: Roda de samba feita para Nilce Fran

Fonte.:  www.gresportela.com.br