Luiz Ayrão, Toninho Geraes e Aluísio Machado emocionam público na Feijoada da Família Portelense

 

Convidados especiais de Monarco e dos demais integrantes da Velha Guarda Show da Portela, Luiz Ayrão e Toninho Geraes emocionaram o público que lotou a quadra da maior campeã do carnaval, no último sábado (1º), durante a Feijoada da Família Portelense. Baluarte do Império Serrano, o compositor Aluísio Machado apareceu de surpresa e também brindou o público com seus sucessos.

Com 50 anos de carreira, Luiz Ayrão relembrou clássicos como "Porta Aberta", "A Saudade Que Ficou (O Lencinho)", "Nossa Canção" e "Ciúme de Você", entre outros. Ovacionado pela plateia, o cantor recebeu um chapéu personalizado das mãos do presidente Luis Carlos Magalhães e, ainda, foi convidado para desfilar no ano que vem.

Toninho Geraes, que veio logo em seguida, também incendiou a multidão ao cantar "Alma Boêmia", "Seu Balancê", "Toda Hora", "Mais Feliz" e outros hits.

O evento recebeu, ainda, o lançamento do livro "O Mistério da Terra de Clara Nunes", de Adriana Andrade, Edna Pires e Jones Silva. Duas semanas após lançarem a obra em Caetanópolis, cidade natal da cantora, os autores vieram especialmente para a sessão de autógrafos na Portela.

Encerrada com um grande show do elenco da agremiação, a Feijoada contou com as presenças ilustres do coreógrafo Carlinhos de Jesus, do empresário Maurício Mattos, do produtor musical Milton Manhães e do prefeito de Caetanópolis (MG), Romario Vicente. 

Em 2019, a Azul e Branco será a terceira escola a desfilar na Segunda-feira de Carnaval, com o enredo "Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre de Ouvir Cantar uma Sabiá", desenvolvido pela carnavalesca Rosa Magalhães. O tema é uma homenagem a Clara Nunes, um dos maiores ícones da história da Azul e Branco.



Foto: Wallace Mendonça / Divulgação
Legenda: Luiz Ayrão recebeu o carinho da Velha Guarda Show da Portela e do presidente Luis Carlos Magalhães

Fonte.:  www.gresportela.com.br