Com apoio do SRzd, evento em Madureira sobre samba e turismo sucesso na Portela

 

Por Redação SRzd

“Que Madureira é muito mais do que um lugar, é a capital do sonho que me faz sambar”. O evento realizado nesta sexta-feira (3), na quadra da Portela, confirmou a tese do samba da agremiação de 2013. Com apoio do SRzd, o Sebrae/RJ apresentou a pesquisa “Estudo de Potencialidades – Roteiro do Samba – Madureira”, parte do projeto “Roteiro Turístico de Madureira”, que tem como objetivo comprovar o potencial de turismo da região. Com presença de comerciantes e empresários, o evento começou com samba de raiz, passou pelo baile charme e terminou com o batuque das escolas mirins.

Para Sidney Rezende, que mediou o painel “Como o turismo pode contribuir para o desenvolvimento de Madureira”, o projeto é fundamental para o fomento ao turismo da região: “Sempre se teve a ideia de que quem vem ao Rio de Janeiro quer, e deve, ir ao Cristo Redentor, ao Pão de Açúcar e às praias, mas essa pessoa também quer conhecer a Portela, a Tradição, o Império Serrano, o jongo, o baile charme. O Sebrae pretende, com essa iniciativa, incentivar esse tipo de turismo”.

O debate mediado por Rezende contou com a presença de representantes do Sebrae, da Riotur, da CVC e da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio de Janeiro (Abav), além do presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães. De acordo com o mandatário, é preciso que se saia do clichê turístico da cidade, baseado somente na Zona Sul. “A Portela tem muito a oferecer. Temos feijoadas, ensaios na quadra e na rua, agora vão começar as eliminatórias de samba. Sem contar os projetos que realizamos por fora. Sábado, por exemplo, temos pré-vestibular gratuito na quadra”, disse.

A pesquisadora e comentarista do SRzd, Rachel Valença, foi responsável pela palestra “A história e a importância de Madureira”. Valença fez questão de deixar claro, de início, que não é nascida e criada no bairro, mas se tornou muito próxima devido ao Carnaval. A pesquisadora é presença ilustre na velha guarda do Império Serrano.

Marquinhos de Oswaldo Cruz, baile charme e escolas mirins encantam público

O projeto do Sebrae/RJ com apoio do SRzd não se restringiu a teoria e trouxe, na prática, elementos turísticos de Madureira. O cantor Marquinhos de Oswaldo Cruz foi o responsável pela abertura do evento e entoou clássicos de Arlindo Cruz e Dona Ivone Lara. Integrantes de um dos grupos de baile charme, marca do bairro, também se apresentaram na Portela.

E tudo acabou em samba. Não poderia ser de outra forma. As escolas mirins Filhos da Águia e Império do Futuro se uniram em apresentação especial. Com bateria, intérprete, passistas e casais de mestre-sala e porta-bandeira, as agremiações encerraram o evento.

Clicar aqui para assistir aos vídeos e ver fotos do evento.

Fonte.:  www.srzd.com