Família real formada! O Carnaval 2018 tem uma corte pra chamar de sua

 

Por Luiz Felippe Reis

Foi eleita na noite desta sexta-feira, 27, a Corte do Carnaval 2018. A final foi realizada na Cidade do Samba, no Centro do Rio, com 14 sambistas – candidatos a Rei Momo e Rainha – no páreo. Depois de muita festa, com direito até a show do grupo Pique Novo, Milton Rodrigues Júnior, Jéssica Maia, Deisiane de Jesus e Cintia Oliveira ficaram sabendo que são da família real do samba daqui até a Quarta-feira de Cinzas.

Novo Rei Momo, Milton ganhou pela sexta vez o concurso. Ele já foi pentacampeão – consecutivamente – da disputa, entre 2009 e 2013. Outro candidato apontado como um dos favoritos, Wilson da Costa, que também já foi dono da coroa e do cetro por alguns anos, ficou em segundo lugar. O terceiro lugar ficou com Danyel Rodrigues. A majestade principal foi Jéssica Maia, que já tinha ostentado tal posto em 2009 e vai repetir a parceria com Milton.

Deisiane de Jesus fechou a competição novamente entre as princesas, mas dessa vez como primeira, superando o feito do último concurso, quando foi segunda. Cintia Oliveira foi consagrada como Segunda Princesa e também integra a corte.

Ao todo, a competição, organizada pela prefeitura do Rio e Riotur, deu R$ 110 mil em prêmios, aos quatro integrantes da Corte e mais segundo e terceiro colocados na disputa de Rei Momo.

Luiz Otávio Cabral, Amenon Teixeira e Marcos Luiz da Silva não levaram a vitória, mas se mostraram bem animados pela chance de chegar na final.

Andressa Clemente, Larissa Loranne Reis, Amanda Mattos, Viviane Silveira e Mayara Nascimento foram as candidatas a rainha que não chegaram à corte.

Os vencedores foram escolhidos por um júri popular, feito por uma enquete numa parceria da Riotur com o Jornal O Dia, e por um corpo de jurados técnicos que contou, entre muitos convidados, com a participação da porta-bandeira Selminha Sorriso, da Beija-Flor, da diretora da Imperatriz Simone Drumond e do comentarista da TV Globo, Milton Cunha.

Dono da chave da cidade a partir de fevereiro de 2018, Milton, claro, ficou radiante pela vitória e avisa que enquanto tiver gás, vai continuar disputando, mesmo depois de seis triunfos (2009, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2018).

– É um privilégio estar voltando nesse 50° concurso. Tô muito feliz. Vamos em frente. Foram candidatos muito fortes. Cada um teve o seu valor, o seu mérito. Mas eu tava muito seguro, me preparei. Enquanto eu me sentir capaz de concorrer, vou concorrer – disse o vencedor.

Aos 34 anos, a vendedora Jéssica Maia volta ao posto que conquistou nove anos antes. Ela não viu uma vantagem por ser a única já anteriormente ganhadora entre as finalistas e quer aproveitar a festa mais popular do Brasil junto dos parceiros de realeza.

– Ainda tô mensurando as emoções que eu tô sentindo. Quero dar o melhor de mim. Esse concurso só evoluiu. Todas que estiveram aqui passaram muita capacidade. Não senti que tive vantagem por ter sido rainha, todas as meninas se dedicaram. Se eu não fosse rainha, estaria feliz de qualquer forma. Eu queria é curtir esse Carnaval, comemorando os 50 anos do concurso – comentou Jéssica.
Batendo na trave pra ficar com a vaga real principal na corte, Deisiane Jesus perdeu ganhando, afinal de contas ela subiu de posto. Em 2017, foi segunda, e agora primeira. A expectativa de ser rainha passou pra 2019, e ela já adianta que estará no próximo concurso ainda mais forte.

– Eu vou estudar, vou melhorar, pra estar aqui ano que vem bem mais preparada e quem sabe ser rainha do Carnaval 2019 – falou Deisiane, que é irmã do mestre-sala Diogo Jesus, da Cubango.
A chance de estar na corte foi suficiente para Cintia Oliveira, que vê a presença dentro da família real do samba carioca como principal nesse concurso.

– Esse momento só sabe quem sente mesmo. Eu não vejo como uma decepção. É bem legal ver como todas as meninas se dedicam, o importante é representar o Carnaval. Não sou a ganhadora, mas sou uma vencedora – encerrou bonito a bela designer de moda.

Os quatro, a partir de agora, vão passar a representar o Carnaval em diversos eventos espalhados pelo Rio de Janeiro e Brasil. O contrato da família real versão 2018 vai até o Sábado das Campeãs, dia 17 de fevereiro.

 As melhores imagens da final do concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval 

Fotos: Irapuã Jeferson

 

 

Fonte.:  www.sambarazzo.com.br