A 1 vez! Carlinhos de Jesus ansioso pra estrear na Portela: Gosto de arriscar

 

Por Redação

Pela primeira vez defendendo o pavilhão da Portela, Carlinhos de Jesus revelou que está com um certo “frio na espinha” para o Carnaval 2019. O coreógrafo da comissão de frente da azul e branco destacou que o enredo sobre Clara Nunes aumenta a responsabilidade para construir uma dança ainda mais competitiva.

Mesmo assim, o profissional não teme arriscar em inovações. Sem detalhar o que pretende fazer para o desfile da agremiação, Carlinhos de Jesus relembrou que, quando trabalhou com a carnavalesca Rosa Magalhães (na Vila, em 2013), teve bastante liberdade de criação.

Carlinhos de Jesus fará estreia na Portela em 2019 – Foto: Irapuã Jeferson

– Se o carnavalesco me permitir viajar dentro da proposta dele, eu vou arriscar. Gosto de arriscar. Quando falam que algo é muito arriscado pra mim, isso já me chama atenção, já quero. Se deixar, vou pra cima disso – diz.

Carlinhos declarou ainda a ansiedade de começar logo os ensaios para a temporada 2019 portelense. No último desfile, ele não defendeu nenhuma escola. A última bandeira que o mestre da dança brasileira defendeu foi da União da Ilha, em 2017, quando ganhou o “Estandarte de Ouro”, prêmio do Jornal O Globo aos destaques do ano.

– Estou nervosíssimo, angustiado a meter a mão na massa logo. Carnaval pra mim é amanhã já (risos). Estou indo em alguns lugares pra fazer pesquisas, também estou me reunindo com a Rosa. Vai ser um trabalho muito ardoroso de toda uma equipe. Será o maior enredo do Carnaval 2019 – promete Carlinhos.

Do júri neste ano, a comissão de frente portelense arranjou as notas: 9,9; 9,9; 9,9 e 9,8. O resultado foi o pior entre os quesitos da campeã de 2017.

No ano que vem, a azul e branco desfila com o enredo “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá”, da carnavalesca Rosa Magalhães.

*Foto de capa: Irapuã Jeferson

Fonte.:  www.sambarazzo.com.br