Portela de Asas Abertas vai homenagear Clementina de Jesus neste sábado

 

Evento terá a participação dos grupos Operárias do Samba e Herdeiras do Samba

Marcada para o próximo sábado (21), a partir das 15h, a roda de samba Portela de Asas Abertas vai agitar a quadra da escola, em Madureira, homenageando a lendária Clementina de Jesus e celebrando o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha (25 de julho). O evento, que é promovido pelo Departamento Cultural da agremiação, será animado pelos grupos Operárias do Samba e Herdeiras do Samba.

Formado por Vanessa Reis, Chris Mendonça, Simone Costa, Yasmin Alves e Gisele Sorriso, o Operárias do Samba terá Vera de Jesus, neta de Clementina, como convidada especial. O repertório será recheado de obras consagradas por vozes femininas. Além de sucessos de Clementina, o coletivo, que conta, ainda, com instrumentistas, cantoras, fotógrafas, produtoras e DJ, lembrará canções lançadas por Dona Ivone Lara, Clara Nunes, Jovelina Pérola Negra, Beth Carvalho, Leci Brandão e outras artistas. Zé Ketti, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, Cartola e Paulo César Pinheiro também estão no roteiro.

Nascida em Valença, no interior do Rio, em 1901, Clementina veio morar aos 8 anos na capital. "As pessoas que a identificam mais com a Mangueira não se lembram de que o primeiro endereço de Clementina no Rio foi em Oswaldo Cruz, onde ela acompanhou a formação da Portela", ressalta o diretor cultural da Portela, Rogério Rodrigues.

A tarde terá, também, o som das Herdeiras do Samba, que reúne Geisa Ketti, Selma Candeia, Monica Trepte, Marcia Duarte e Eliane Faria, exaltando Zé Ketti, Candeia, Casquinha, Mauro Duarte e Paulinho da Viola, respectivamente.

Como já é tradição nas edições do Asas Abertas, o público poderá adquirir produtos de afroempreendedores e comprar artigos do Departamento Cultural. As pastoras da Portela também estarão vendendo caldos, pastéis e os disputados bolinhos de feijoada.

Haverá, ainda, a opção do ingresso social. São dois pacotes de absorventes, que serão doados para presidiárias por meio do Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura do Rio de Janeiro, ou um pacote de fraldas tamanho G, para um recém-nascido filho de uma integrante da comunidade portelense que faleceu no parto.

Serviço:

Portela de Asas Abertas em homenagem a Clementina de Jesus

Atrações: Operárias do Samba e Herdeiras do Samba + feira de afroempreendedores e barracas de quitutes

Data e horário: Sábado, dia 21 de julho, de 15h às 21h

Local: Quadra da Portela

Endereço: Rua Clara Nunes 81, Madureira

Ingresso: R$ 15 (preço único) 

Ingresso social: 2 pacotes de absorventes ou 1 pacote de fraldas tamanho G

Torcidas organizadas (uniformizadas): R$ 5

Sócios estatutários e sócios-torcedores não pagam


Foto: Divulgação
Legenda: Integrantes do Operárias do Samba vão comandar evento

Fonte.:  www.gresportela.com.br