Presidente da Liesa fala ao CARNAVALESCO da interdição nos barracões, verbas e ensaios técnicos

 

Por Guilherme Ayupp

O presidente Jorge Castanheira, da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), conversou com o site CARNAVALESCO sobre os principais temas que não sabem da discussão neste pré-carnaval 2018. Confira abaixo.

Interdição dos barracões pelo Ministério Público

“Houve o acidente na São Clemente e tivemos uma fatalidade. Foi feita uma vistoria e detectaram alguns problemas e pontos nos barracões. As escolas estão buscando solucionar todos os problemas que foram apontados. Estarão sexta-feira no Ministério do Trabalho. Creio que em curto espaço de tempo vamos chegar em uma solução no impasse gerado lá atrás, mas que já está sendo resolvido com boa vontade de todos os lados”.

Verba da Prefeitura do Rio

“Nós estamos aguardando a liberação da Prefeitura para Riotur e dela para escolas. Espero que aconteça nos próximos dias. São duas parcelas de R$ 450 mil para cada uma e uma de R$ 100 mil após a prestação desses 900 mil”.

Verba do Governo Federal

“Ainda está sob análise. A dificuldade está sendo encaixar o formato para a Lei Rouanet. A Caixa está imbuída de ajudar e mas através da Rouanet. Estamos aguardando nos próximos dias qual será a diretriz da promessa que foi feita”.

Ensaios técnicos no Sambódromo

“Acho muito pouco provável que a gente consiga patrocínio que consiga custear as despesas dos ensaios técnicos”.

 

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br