Sem rivalidade, Portela e Mocidade negociaram o sorteio para faixas do CD de 2018

Por Redação Carnavalesco

Apesar da rivalidade criada recentemente entre os torcedores da Mocidade e da Portela, em publicações nas redes sociais, desde a divisão do título do Carnaval 2017, o clima entre as duas escolas é de tranquilidade. As duas administrações conversam e trocam elogios. Sobre o último episódio da ordem no CD de 2018, o vice-presidente da Mocidade Independente de Padre Miguel, Rodrigo Pacheco, já tinha revelado para o site CARNAVALESCO, durante a final de samba para o Carnaval 2018, que a melhor sugestão para a faixa inicial do CD do Grupo Especial seria um sorteio entre a escola de Padre Miguel e a Portela, as duas campeãs de 2017.

– A posição da Mocidade é de que se divida a capa do CD. Foram duas campeãs e ambas merecem estar na parte nobre do CD. Com relação à faixa 01 o mais justo é que seja tirado na sorte – disse Rodrigo Pacheco no dia da final de samba.

O site CARNAVALESCO ouviu o presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, no sábado, que também concordou com a decisão.

– Houve um sorteio que definiu essa situação. Foi o correto a se fazer – afirmou Luis Carlos Magalhães.

No sábado, o site CARNAVALESCO revelou que houve um acordo entre as duas escolas, com o aval da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), para o sorteio que definiu que a Mocidade será a faixa 1 e a Portela 2, e no dia do teste de som e luz do Sambódromo será a Mocidade que vai abrir a noite e a Portela terá a honra de encerrar.

A capa do CD também ficou definido que será dividida entre as duas escolas. O lançamento oficial do CD do Grupo Especial para o Carnaval 2018 será no dia 1 de dezembro, na quadra do Salgueiro, com venda de ingresso.

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br