Fiscais do Ministério do Trabalho exigem obras nos barracões na Cidade do Samba

Por Redação Carnavalesco

Os barracões das escolas do Grupo Especial estão fechados devido a interdição do Ministério do Trabalho, que decidiu lacrar os espaços até que os ajustes pedidos em questões estruturais sejam feitos. Apesar disso, a Mangueira funciona normalmente nesta sexta.

As escolas de samba foram pegas de surpresa na quinta-feira com uma reunião com os fiscais informando a decisão de interdição dos barracões. Os servidores públicos fiscalizaram os barracões na quarta-feira. Foram encontrados problemas na rede elétrica e nas condições de trabalho, inclusive, com problema em limpeza dos banheiros. Algumas escolas foram autuadas e outras tiveram advertências.

O Ministério do Trabalho exige que as escolas de samba troquem o sistema de rede elétrica e façam obras como colocação de ralo para escoamento da água. As escolas apontam que são demandas grandes que precisam de tempo e devem ser conversadas com a Liesa. Vale lembrar que os desfiles de 2018 acontecem no início de fevereiro.

Fonte.:  www.cariocando.com.br