Virada de mesa pode afastar patrocinadores do Carnaval

Por Romulo Tesi

A virada de mesa no Carnaval do Rio não caiu bem no mercado publicitário.

O blog apurou que executivos de pelo menos uma agência, das grandes, não engoliram o cancelamento do rebaixamento de 2018, que poupou Grande Rio e Império Serrano.

A reação, por enquanto, é tímida, mas as críticas já começaram.

Uma reavaliação no destino dos patrocínios não está descartada. Ainda mais agora, com o crescimento do Carnaval de rua de São Paulo, novo concorrente na preferência das empresas.

Sabe-se que há interessados em instalar, já em 2019, camarotes na Avenida 23 de Maio – uma espécie de “circuito Barra/Ondina” paulistano.

Fonte.:  Setor 1