Casa Bloco reśne blocos de rua, rodas de samba e feiras no Centro do Rio

 

Por Redação Carnavalesco

A Casa França-Brasil é o novo endereço dos foliões no Rio de Janeiro. Lá funciona a Casa Bloco, um projeto que visa reunir blocos de rua, rodas de samba e feiras. A casa foi aberta nesta sexta-feira e contou com a presença do Afoxé Filhos de Gandhi. O grupo fez a lavagem do espaço para abrir os caminhos e levar boas energias. Patrícia Sobral, sócia da Casa Bloco, contou de onde surgiu a ideia do projeto e qual é o objetivo dele.

– A ideia da casa bloco é reunir o Carnaval do Brasil, fazer com que esses blocos de carnaval de rua se encontrem pela primeira vez. Nunca se encontraram, cada um trabalha na sua cidade, faz as suas apresentações, reúne, mas é um carnaval separado. A Casa Bloco tem como objetivo reunir, fazer uma troca, fazer com que esses blocos e essa manifestação que é uma tradição no Brasil, se una, se conheça – disse.

Os blocos de rua são parte da cultura da cidade, e Patrícia destacou qual a importância da Casa Bloco na união de todos eles.

– Eu acho ótimo, porque quando você conhece, quando você troca, você acrescenta conhecimento, se fortalece, faz com que as pessoas reconheçam o trabalho do outro, respeitem, é uma interatividade forte – comentou.

A Casa terá diversas atrações, todas são imperdíveis e que valem a pena participar.

– Tudo é imperdível! É tudo muito bom, novidade, é realmente uma coisa que tem eu se experimentar – contou Patrícia Sobral.

A Casa Bloco trará bonecos de Olinda para unir as tradições carnavalescas das duas cidades.

– É um sonho da Rita Fernandes, da Sebastiana, reunir essas tradições e na realidade o que a gente queria era trazer todo o Carnaval de fora pra cá. Nós conseguimos nesse ano iniciando os bonecos de Olinda. Vai ter o Ilê Aiyê, o Cordão do Boitatá vai estar aqui recebendo eles. É muito bom! – disse.

Quanto as preocupações com a infraestrutura e segurança, Patrícia falou que todo ano coisas novas vão acontecendo e isso ajuda a melhorar nesse ponto.

– Várias medidas são tomadas, há uma preocupação enorme, principalmente da Sebastiana como organizadora, e está à frente de 11 blocos importantes no Rio. Essa preocupação existe sim, e é um trabalho de anos, cada ano que passa a gente conquista alguma coisa que vai acrescentando, trazendo mais segurança, estrutura melhor. A cidade merece.

A coordenação da feira fica por conta de Sami Brasil. A jovem que faz parte do Instituto Black Bom, contou como funcionará e o que o público pode encontrar por lá.

– O Instituto Black Bom é o espaço de empreendedorismo negro e periférico. A gente está organizando essa feira para trazer toda a criatividade que acontece nos movimentos de rua, de todos os empreendedores que estão aí trabalhando, trazendo sua criatividade, a sustentabilidade também, utilizando materiais de descarte. A gente tem certeza que vai comprar direto de quem produz, sem mão de obra escrava, então tem um monte de coisa envolvida além da beleza do Carnaval. A pessoa já vai poder chegar aqui e sair pronta, cabelo, maquiagem, a roupa, tudo isso a pessoa acha aqui na feira e já sai pronta para cair na folia – explicou Sami.

Além das atrações e da feira, a Casa conta com oficinas como confecção de bonecos, customização de camisas, percussão do Ilê Aiyê, adereços artesanais e turbantes, entre outras. As atividades na Casa Bloco vão até o dia 13 de fevereiro. Durante o dia a entrada é gratuita, a noite, para os shows e rodas de samba, é necessária a compra de ingressos que custam R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia.

Confira a programação completa.

SEXTA-FEIRA – 26 DE JANEIRO
10h – Abertura – Lavagem da CasaBloco e cortejo com os Filhos de Gandhi – Rio de Janeiro
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
13h – Oficinas – Customização de Camisetas e Confecção de Bonecos
21h30 – DJ Doni
22h30 – Clube do Samba convida Tempero Carioca, Didu Nogueira, Mariene de Castro, Nelson Sargento e Toninho Geraes

SÁBADO – DIA 27 DE JANEIRO
10h – Oficina de percussão do Ilê Aiyê
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
18h – Cortejo: Tambores de Olokun e Cordão do Boitatá encontram Ilê Aiyê (Boulevard)
21h30 – DJ Montano
23h – Shows: Ilê Aiyê e Cordão do Boitatá

QUINTA-FEIRA – 1 DE FEVEREIRO
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
13h – Oficinas – Estandartes Carnavalescos e Dança nas Alturas

SEXTA-FEIRA – 2 DE FEVEREIRO
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
13h – Oficina – Adereços Artesanais e Turbantes
22h30 – Roda de samba: Galocantô convida Moyseis Marques e Rodrigo Carvalho
DJ Doni

SÁBADO – DIA 3 DE FEVEREIRO
10h – Oficina de Figurino com Customização – Calango Careta (Brasília)
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
17h – Bonecos Gigantes de Olinda encontram o Bloco da Ansiedade e Calango Careta de Brasília (Boulevard)
22h30 – Calango Careta (Brasília)
00h – Orquestra Voadora
02h30 – Amigos da Onça
DJ Lala K

DOMINGO – DIA 4 DE FEVEREIRO
18h – Frevália – Romero Ferro recebe convidados
DJ Pepe Jordão

QUINTA-FEIRA – DIA 8 DE FEVEREIRO
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios)
13h – Oficinas – Customização de Camisetas e Maquiagem Carnavalesca

SEXTA-FEIRA – DIA 9 DE FEVEREIRO
13h – Feira A Rua É Nossa (fantasias, adereços e acessórios) e Feira Gastronômica
13h – Oficina Adereços de Carnaval
22h30 – Bloco Põe Na Quentinha convida Makley Mattos, Moacyr Luz e Dorina
00h30 – Baile da Sebastiana com Suvaco do Cristo, Quizomba e DJ Doni

SÁBADO – DIA 10 DE FEVEREIRO
14h às 19h – Apresentação de blocos (Boulevard)
23h – Baile à Fantasia Casuarina e convidado

DOMINGO – DIA 11 DE FEVEREIRO
14h às 18h – Apresentação de blocos (Boulevard)
21h30 –FESTA ALL

SEGUNDA-FEIRA – DIA 12 DE FEVEREIRO
13h às 18h – Apresentação de blocos (Boulevard)
23h – Baile Carnavalesco da Orquestra Imperial e DJ Marlboro
DJ Bruno Eppinhaus

TERÇA-FEIRA – DIA 13 DE FEVEREIRO
14h às 18h – Apresentação de blocos (Boulevard)
18h às 22h – Roda de Samba Gloriosa com Paulão 7 Cordas, Bloco Arteiros da Glória e Tantinho da Mangueira

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br