Presidente da Riotur garante ensaios técnicos no Sambódromo para o Carnaval 2019

 

Por Philipe Rabelo

O início de 2018 para os sambistas está sendo marcado pela palavra saudade, sobretudo, dos ensaios técnicos das escolas de samba. No entanto, em uma coletiva de imprensa na Barra da Tijuca, o presidente de Riotur, Marcelo Alves garantiu que ano que vem os ensaios acontecerão.

– Já conversei com o presidente da Liesa (Jorge Castanheira) e foi acordado que no próximo ano os ensaios serão – embalados em um projeto comercial, muito bem elaborado, para fazer o ensaio técnico como um produto, como é o carnaval e como a gente tratou na Riotur, para que os custos que a Liesa tem, sejam pagos pelos patrocinadores – afirmou Marcelo Alves.

A ideia da empresa de turismo da cidade é ampliar o processo de captação de patrocinadores para os próximos carnavais. O carnaval é o terceiro evento do calendário Rio de Janeiro a Janeiro. O primeiro foi o Réveillon, o segundo foi o Encontro do Samba, realizado no dia 6 de janeiro, na praia de Copacabana. A expectativa para este carnaval é receber cerca de seis milhões de foliões, sendo 1,5 milhão de turistas. O impacto na economia deve chegar a soma de 3,5 bilhões de reais. A identidade visual do Carnaval Rio, bastante comentada pelos traços infantis, será utilizada por toda a gestão de Marcelo na Riotur.

– Essa marca valoriza e facilita a associação. As pessoas querem levar lembranças do Carnaval e poderão comprar camisas, canecas e chinelos – disse o presidente da Riotur.

Também há promessas para o Carnaval da Intendente Magalhães, que reúne os desfiles das séries B, C, D e E. O presidente da Riotur chegou a comparar a sonorização que será feita este ano na Intendente, com o som da Sapucaí.

– Haverá um aumento da estrutura de iluminação de 60, para 100%. Toda a parte de arquibancadas será melhorada, os jurados serão todos direcionados para uma área só, que é um desejo deles. Estamos aumentando toda a parte de sonorização, com mais potência e não apenas um carro de som, mas sim como na Sapucaí, toda uma estrutura de som. A Intendente terá esse ano muito mais estrutura do que nos anos anteriores – declarou Marcelo.

Fonte.:  www.carnavalesco.com.br