Ministério da Cultura autoriza agremiações a captar 33,5 milhões via Lei Rouanet

 

Por Redação SRzd

Após a perda de R$ 8 milhões de patrocínio da Caixa Econômica Federal, as escolas de samba do Rio de Janeiro foram autorizadas, pelo Ministério da Cultura, a captar cerca de R$ 2,4 milhões, cada uma, da iniciativa privada via Lei Rouanet – lei federal de incetivo à cultura. O total de verba autorizada à captação foi de R$ 33,5 milhões.

As escolas tiveram os projetos aprovados e a partir de agora buscarão empresas interessadas em patrocinar. Cabe lembrar que a instituição que investir, poderá receber isenção fiscal no imposto de renda do próximo ano.

Já a Liesa, Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, depois de ter problemas com a verba Governo Federal, tenta a aprovação de outra captação. Essa se refere ao financiamento da montagem de infraestrutura da Marquês de Sapucaí. Mas segundo o Ministério, a Liga ainda precisa complementar e adequar os dados que faltam, de acordo com as exigências da Lei Rouanet.

ESCOLAS DA INTENDENTE TAMBÉM PODEM CONSEGUIR R$ 2,1 MILHÕES

As agremiações que desfilam nas séries B, C e D, da Intendente Magalhães, também podem conseguir um total de R$ 2,1 milhões via Lei Rouanet. A fórmula é a mesma das escolas do especial. Com os projetos aprovados, deverão buscar empresas interessadas no patrocínio.

 

Fonte.:  www.srzd.com